UM GUIA PARA OS TEMPOS NOVOS

Clique nas imagens laterais para acessar páginas, blogs, grupos, videos, livros, cursos e palestras.

INICIAL EDITORA VIDEOS GRUPOS GLOSSÁRIO

domingo, 15 de fevereiro de 2015

MEU PEQUENO MUNDO


Houve um tempo quando as pessoas falavam que para conhecer outra nação era necessário realizar longas viagens desafiadoras, onde ao final travávamos contato com culturas diferentes que nos proporcionavam crescimento espiritual e perspectiva de visão.

Hoje porém subo num avião e em instantes chego nos lugares mais longínquos, onde as cidades e os costumes são quase sempre iguais aos que já conheço.

Antigamente se dizia que as cidades eram boas porque estavam habitadas por muitas pessoas conhecidas. Agora contudo temos enormes cidades onde vejo somente estranhos e meu círculo de relações mal ultrapassa o familiar e o profissional.


Soube também de mundos onde todas as pessoas tinham voz ativa sobre o seu destino; neste meu mundo contudo as pessoas são como formigas resignadas a seguir em frente para não ser atropeladas pelas multidões que vem atrás.

Lembro quando falavam da grande diversidade da vida -nas terras, nos ares e nas águas. Por toda parte, biomas variados contendo inúmeras espécies de animais. Agora contudo por todo lado quase só enxergo plantações -e inda assim se fala que existe muita fome no mundo!

Me recordo de uma época onde diziam que pagaríamos penas severas por nossos pecados, e isto nos continha e preservava. Mas hoje o que mais vemos é o incentivo para a gula, o consumo e a luxúria.



Sim, ainda me lembro como os nossos pais falavam da beleza da solidariedade e da compaixão. Agora porém e concorrência e a competição faz das pessoas feras piores do que os lobos e as serpentes.

Até vejo na mídia que existe uma grande produção de riquezas, os governos e os capitalistas lucram cada vez mais. E no entanto neste mundo pequeno ainda faltam recursos para muita gente...

E houve um tempo em que havia o Tempo! Vivíamos como numa eterna infância e nossos dias eram preenchidos pela aventura. Agora porém a correria é tão grande que a pressa se tornou a maior causa das mortes no mundo.

Na escola aprendemos sobre as tantas guerras havidas desde um passado imemorial; hoje contudo uma única guerra bastaria para acabar com todo este mundo...



Também falavam de um mundo enorme que suportaria toda a nossa poluição e devastação, que podíamos ter longamente as nossas riquezas e luxos sem conseqüências.

Contudo, este meu mundo é tão reduzido que bastou algumas poucas décadas para saturá-lo até o seu completo esgotamento!

Sim, este meu mundo era tão pequeno... que acabou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário